sexta-feira, 15 de junho de 2018

ENTIDADE QUE REPRESENTA OS ESTUDANTES SECUNDARIAS DE ITAITUBA, TEVE O DIREITO DE USAR A TRIBUNA DA CÂMARA NEGADO PELA MAIORIA DOS VEREADORES NA ULTIMA QUARTA FEIRA.

Na pauta de reivindicações da união dos estudantes secundaristas, estava a melhoria da qualidade do ensino público, falta de servidores na rede estadual e nomeação de uma nova coordenação da 12ª URE que há mais de uma semana está sem diretora, fato que também vem sendo questionado pela coordenação regional do SINTEPP.


Mas na sessão de quarta feira, por 8 votas contra, três a favor e uma abstenção a câmara municipal  reprovou o uso da tribuna pelo presidente da UMES, 


O vereador Luiz Fernando Sadeck,  que votou a favor do uso da tribuna, criticou os parlamentares  que se posicionaram contra a autorização da tribuna da casa de leis para o presidente da UMES, segundo peninha a lei que autoriza o uso da tribuna é para todos ou então precisa ser revogada.

O vereador David Salomão também cobrou do estado um posicionamento do estado com relação as escolas de nível médio em Itaituba e quanto a falta de coordenação na 12ª URE.

Já o presidente da câmara  João Bastos Rodrigues em um tom bem mais apaziguador, tentou justificar o motivo da maioria dos vereadores terem votado contra o suo da tribuna e disse que o problema já está sendo resolvido.

Fonte: http://www.plantao24horasnews.com.br/ com informaçoes do reporter Marinaldo Silva.
Imagens: Weslen Reis

 
▲ Topo>