quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

ACUSADO DE INCENDIAR CASA DA SOGRA É PRESO

Cristiano Monteiro Palheta foi preso em flagrante, nesta terça (27), após ter ateado fogo na residência da sogra, em Salvaterra, na Ilha do Marajó.
Segundo os policiais civis, a confusão começou depois dele discutir com a companheira que teria posto um fim no relacionamento. Inconformado, o acusado foi até a residência da sogra e ateou fogo no local. O fogo se alastrou por toda a casa.
"Os bens da vítima foram queimados quase em sua totalidade", explicou o delegado Rodrigo Amorim, superintendente regional da Polícia Civil no Marajó Oriental.
Conforme o delegado, após o crime, o Corpo de Bombeiros de Salvaterra foi acionado para apagar as chamas. Após tomar conhecimento do fato, a equipe policial formada pelos investigadores Mauro e Rui, da Delegacia de Salvaterra, passou a apurar os fatos e localizou o acusado.
Ele estava escondido na casa da mãe. Cristiano foi conduzido para a Delegacia de Salvaterra, onde foi autuado pelo crime de incêndio qualificado e também por violência doméstica e familiar, com base na Lei Maria da Penha.
Ele está preso à disposição da Justiça.
(Com informações da Polícia Militar)
 
▲ Topo>