quarta-feira, 30 de agosto de 2017

RELATÓRIO DA APURAÇÃO DO DESAPARECIMENTO DO CORPO DE BEBÊ SERÁ DIVULGADO AMANHÃ

Relatório da apuração do desaparecimento do corpo de bebê será divulgado amanhã  (Foto: Wagner Santana)
(Foto: Wagner Santana)
A Polícia Civil do Pará está concluindo o inquérito que apura o desaparecimento do corpo de um bebê no Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, no dia 17 de julho passado. O bebê morreu na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do hospital e desapareceu do necrotério enquanto a família aguardava os trâmites para a liberação do corpo.

No dia seguinte, o delegado Walter Resende instaurou inquérito e deu prazo de 30 dias para a apuração. Segundo a assessoria da Polícia Civil, o relatório da investigação está sendo fechado, mas ainda não é possível adiantar o conteúdo, que só será divulgado amanhã (31).

O delegado Resende requisitou ao hospital uma série de documentos, como prontuário de atendimento médico, certidão do óbito e relação dos funcionários que estavam de plantão no momento em que o desaparecimento do corpo foi constatado no hospital.

ESCLARECIMENTOS

A partir dali, várias pessoas foram intimadas a prestar esclarecimentos. Também foi aberta uma sindicância no hospital para apurar o caso em âmbito administrativo. A comissão de sindicância informou que vai se pronunciar somente a partir da conclusão do inquérito.

Segundo Maria Benedita, 49 anos, tia do bebê, a mãe da criança voltou para o município de Aurora do Pará, onde mora, mas ainda está abalada com o que aconteceu. “Ela ficou muito abalada por não ter conseguido se despedir do bebê. Até hoje não tivemos mais informações do que aconteceu, se ele (o corpo) foi dado por engano para outra família. Enfim, ficamos sem resposta”, contou Maria, ressaltando que a família não foi mais informada sobre o caso por nenhum órgão envolvido na apuração do caso.
(Cléo Soares)

 
▲ Topo>