segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

ITAITUBA//PA: Joalheria Rio do Ouro na Hugo de Mendonça foi assaltada


A Joalheria Rio do Ouro e a Fábrica de Joias Amazônia, que funcionam no mesmo local, foi assalta há poucos instantes.

Por volta de 11:30, um homem entrou sem capacete, puxando conversa com a proprietária, Rosângela Dantas.

Ele disse que era pastor evangélico, e que queria pregar a palavra de Deus.

Rosângela disse a ele, que naquele momento estava muito ocupada com seu trabalho.

Ela ficou desconfiada, porque o assaltante não olhava para seu rosto, embora pedisse para olhar para ela. Também, a todo momento olhava para a porta de saída.

De repente ele sacou uma arma, dizendo que se tratava de um assalto e pedindo para que ela ficasse calma.

Ela disse que estava calma e pediu para ele que mantivesse a calma.

Nisso, a funcionária da loja fez que ia abrir as vitrines onde estavam as joias, como ele havia ordenado, mas, aproveitou que a porta da saída estava aberta e correu para a rua pedindo socorro.

Naquele momento, o bandido, com o cano do revólver encostado no abdome de Rosângela ordenou que ela entrasse na fábrica de joias, de onde ele levou 50 gramas de ouro.

A intenção dele, de levar todas as joias do mostruário foi abortada pela preocupação com os gritos da funcionária.

O assaltante deixou o local às pressas, subindo em uma moto na qual seu comparsa já o esperava próximo da Drogaria Santana.

A Polícia Militar chegou minutos depois ao local assaltado, e quando a reportagem deixou a Joalheria Rio do Ouro, os policiais estavam aguardando que a direção da loja acessasse as imagens gravadas pelo circuito interno, para tentar reconhecer o bandido.

Fonte: Jota Parente

 
▲ Topo>