terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Homem que cortou dedo de idosa é preso em Brasília

Homem que cortou dedo de idosa é preso em Brasília (Foto: Polícia Civil) 

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (14) em Brasília (DF), Leonardo Costa Araújo, 30 anos, conhecido como Leo, acusado de integrar o grupo que invadiu e tentou assaltar uma residência, no bairro do Reduto, em Belém, em 11 de dezembro do ano passado.
Na ocasião do crime, um morador da casa reagiu ao assalto e foi baleado na perna esquerda. Uma senhora de 70 anos chegou a ter dois dedos da mão cortados com um facão por um dos bandidos. Ao todo, três homens participaram do crime. Leonardo é acusado de ser o autor do disparo. O preso deve ser transferido para a capital paraense, nesta quarta-feira (15), após autorização da Justiça brasiliense.
A prisão foi efetuada pela equipe de policiais civis da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) do Pará, com apoio de policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos, da Polícia Civil do Distrito Federal. Segundo o delegado Thiago Dias, da DRFR, Leonardo é paraense e estava escondido na casa de familiares em Brasília. Ele foi ouvido em depoimento, durante as investigações, em Belém, e, na ocasião, chegou a confessar participação no crime, mas negou ter sido o autor do disparo. Ao todo, três tiros foram deflagrados contra um morador da casa. Um dos disparos atingiu a perna da vítima. 
Ainda, conforme o delegado, após o depoimento, foi solicitada à justiça a prisão preventiva do acusado. Contudo, Leonardo Araújo já havia fugido para fora do Estado. Com base em uma informação recebida, explica o policial civil, foi possível descobrir o paradeiro do procurado na capital federal. "Ele estava trabalhando como garçom em um restaurante em Brasília", informa Dias. Outros dois acusados de participar do crime estão sendo investigados. Leonardo permanece recolhido no Complexo da Polícia Civil em Brasília, aguardando autorização da Justiça para transferência para Belém. 
O crime ocorreu por volta de 7 horas da manhã de 11 de dezembro de 2016. Na ocasião, três bandidos invadiram pelos fundos uma casa, localizada na rua Aristides Lobo, bairro do Reduto. Os assaltantes passaram por dentro do terreno de uma casa abandonada situada por trás da residência, onde estavam três moradores, um casal e uma idosa de 70 anos. No momento em que a idosa abriu a porta que dá acesso ao quintal da casa foi abordada pelos três bandidos. Um deles estava armado com um facão.
Em seguida, os outros dois moradores foram rendidos, porém, no momento em que os assaltantes tentavam amarrar o homem, a vítima reagiu e travou luta corporal com os criminosos. Durante a confusão, dois dedos da idosa foram cortados pelo facão. Nesse momento, um dos bandidos atirou contra a vítima, atingindo-lhe a perna esquerda. Em seguida, os bandidos saíram em fuga pelo mesmo local por onde entraram na casa sem roubar nada do local.
 
▲ Topo>