domingo, 13 de novembro de 2016

Vítima é morta a pauladas em frente à igreja

Vítima é morta a pauladas em frente à igreja (Foto: Mário Quadros/Diário do Pará)


A manhã de ontem na Rua do L, Parque Guajará, em Icoaraci, parecia uma como outra qualquer de um sábado. A tranquilidade do matagal e do trapiche da rua estreita continuava do mesmo jeito. Na igreja evangélica ali instalada, a música gospel tocava e, lá dentro, pessoas davam prosseguimento às obras do templo. Famílias com crianças estavam todas reunidas em frente às casas. Uma manhã como outra qualquer, exceto por um ponto: em frente à Igreja, a população observava o corpo de Benilson dos Anjos Correa, 34 anos, assassinado na madrugada do mesmo dia.

O endereço fica na divisa entre as comunidades Canarinho e Tocantins e a primeira viatura a chegar no local foi a de número 1020, do 10º Batalhão da 3ª Companhia da Polícia Militar. Entre os populares, imperou a lei do silêncio. Todos declaravam não ter ouvido ou visto nada do caso.

A vítima morava nas proximidades, na comunidade Canarinho. De acordo com o perito criminal Nilson Barbosa, do Centro de Perícias Renato Chaves, Benilson foi morto a pauladas na lateral da cabeça. “O corpo estava totalmente rígido”, complementou o perito.

Os motivos e mais circunstâncias do homicídio continuam desconhecidos e as investigações seguem na Divisão de Homicídios da Polícia Civil. 

(Alice Martins Morais/Diário do Pará)
 
▲ Topo>