segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Quatro agências serão fechadas no Pará

Quatro agências serão fechadas no Pará (Foto: Marcelo Camargo/ABr)
O Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira (21) que quatro agências serão fechadas em Belém, sendo uma no distrito de Mosqueiro. As medidas fazem parte do plano de reestruturação do banco.
As agências fechadas no estado são: 3301 (Av. Generalíssimo Deodoro), 4452 (Mosqueiro), 4995 (Rua 9 de Janeiro), 5665 (Av. Gentil Bittencourt).
Em todo país, serão 402 agências bancárias fechadas, 379 transformadas em postos de atendimento e 31 superintendências em diversos municípios serão encerradas.
Na tarde desta terça-feira (22), o Sindicato dos Bancários do Pará reunirá com a superintendência regional do Banco do Brasil para tratar sobre a política de reestruturação anunciada.
A presidenta do sindicato e funcionária do Banco do Brasil, Rosalina Amorim, avaliou a medida como parte do golpe do governo Temer contra a classe trabalhadora.
“O anuncio dessa reestruturação do Banco do Brasil é mais uma medida que ataca diretamente a classe trabalhadora e a categoria bancária. Não bastassem os projetos de terceirização, de congelamento de investimentos nas áreas sociais, arrocho salarial, fim de concursos públicos, o governo golpista de Temer anuncia a retomada da política neoliberal de FHC contra a categoria bancária com demissões e fechamento de agências, o que trará prejuízos para toda a sociedade. Entendemos que o que está por trás dessa medida no Banco do Brasil é a retomada das privatizações dos bancos públicos, e precisamos estar mobilizados para barrar esse desmonte do patrimônio público brasileiro”.
Para Wagner Nascimento, Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, um pacote de medidas tão significativas e que afetam tantos funcionários deveria ter sido comunicado diretamente aos representantes dos trabalhadores e não via imprensa.
O Banco do Brasil informou que os clientes das agências fechadas serão automaticamente transferidos para outras agências e poderão manter cartões e senhas, mesmo se houver alteração no número da conta. Segundoo banco, a transferência será feita para a agência mais próxima.
(DOL)
 
▲ Topo>