quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Operação desarticula fraudes de servidores da SEFA

Operação desarticula fraudes de servidores da SEFA (Foto: Agência Pará)
A Polícia Civil e o Ministério Público do Pará deflagraram, nesta quarta-feira (9) a operação "Quinta Parte", para desarticular um esquema de corrupção que era comandado por organização criminosa que envolvia servidores públicos da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) e sonegadores de tributos fiscais. No total, 46 pessoas foram presas até esta noite
A operação foi resultado de um ano de investigações coordenadas pela Superintendência da Regional do Araguaia paraense, com sede em Redenção, região sudeste do estado, realizada em oito cidades paraenses, a maioria no sul do Pará, e ainda nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e em Vila Rica no Mato Grosso.Todos os presos serão transferidos, nesta quinta-feira (10), para presídios na Região Metropolitana de Belém.
De acordo com a PC, mais de cem policiais civis da capital e interior do Estado participaram da operação deflagrada a partir das primeiras horas do dia. Ao todo, foram investigadas 67 pessoas, entre servidores público da Sefa, contadores e empresários.
 "As investigações apontaram que os servidores públicos estavam em conluio com empresários para possibilitar a entrada no Pará de cargas com mercadorias de outros Estados sem pagar os tributos obrigatórios, causando prejuízos aos cofres públicos. Assim, os servidores recebiam altas quantias em dinheiro como propina para liberar vistorias de empresas fantasmas, emitir notas-fiscais avulsas (gratuitas) e fazer a liberação de inscrição estadual e auditorias. 
 
▲ Topo>