segunda-feira, 19 de setembro de 2016

PARÁ: PGJ implementa videoconferência e empossa técnicos de promotorias do interior

 

A administração do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) deu mais um passo, nesta 6ª feira (16), para fortalecer a atuação dos promotores de justiça do interior do estado. O procurador-geral de justiça do Pará, Marcos Antônio Ferreira das Neves, presidiu solenidade que empossou especialistas em contabilidade e engenharia e instalou câmaras técnicas nos municípios de Marabá, Redenção, Altamira e Itaituba. O ato foi compartilhado por videoconferência para diferentes municípios.

 

A solenidade ocorreu de manhã, no auditório da Promotoria de Justiça de Marabá, e foi prestigiada por membros e servidores do município. Marcos Neves deu posse a oito assessores especializados de apoio técnico-operacional judicial e extrajudicial do interior. Os profissionais atuarão diretamente com os promotores em inspeções e em procedimentos de investigação de improbidade administrativa e em outros atos de promotorias instaladas em 44 municípios, distribuídos nas regiões administrativas Sudeste 1, Sudeste 2, Sudoeste 1 e Sudoeste 2 do MPPA. 

 

O contador Hélio Carlos Pereira e o engenheiro civil Luiz Antônio Vilas Boas foram empossados para atuar em Marabá. Para Redenção foram destacados a contadora Maria Graciete Rodrigues e o engenheiro civil José Cristiano Oliveira. Altamira recebeu o contador Enoque Gomes de Moraes e a engenheira ambiental Larissa Paulina de Souza, enquanto que Itaituba recebeu a contadora Daiana Merces Gamboa e a engenheira ambiental Pauliane Santos Santana.

 

 

Com a iniciativa desta sexta-feira, o MPPA passa a dispor de cinco câmaras técnicas, também conhecidas como Gati (Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar), no interior do Pará. Além de Marabá, Redenção, Altamira e Itaituba, o município de Santarém também possui um corpo técnico, que apoia promotorias da região Baixo Amazonas.

 

 

“Com este ato estamos honrando mais um compromisso firmado com os promotores, que estão expandindo suas atuações, sobretudo na esfera extrajudicial, e precisam de apoio para produzir com eficiência”, comentou o procurador-geral Marcos Neves. “Quem ganha é a sociedade, pois os assessores vão aperfeiçoar as atividades das promotorias.”

 

 

“Vamos vestir a camisa do Ministério Público e trabalhar para oferecer bons serviços à sociedade”, afirmou a contadora Maria Graciete Rodrigues, empossada como assessora de Redenção.

 

INOVAÇÃO

Toda a solenidade de posse foi transmitida ao vivo de Marabá, por videoconferência, para Belém, Altamira, Itaituba e Redenção. A medida permitiu a integração entre membros e servidores de diferentes municípios paraenses, além de otimizar o uso do dinheiro público, já que a utilização da tecnologia evitou despesas com viagem para participação presencial na cerimônia.

 

Em Belém, a videoconferência foi acompanhada pelo subprocurador-geral de Justiça para a área técnico-administrativa, Miguel Ribeiro Baía, pelo promotor de justiça e chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Wilton Nery, além de diretores de departamento.

 

 

Para o subprocurador Miguel Baia, a implantação da tecnologia culminando com a posse dos assessores do Gati representam dois marcos importantes na história do MPPA. “Nós temos dois marcos para comemorar: um é em relação a tecnologia da informação, que nos proporcionou integrar a comunicação entre cinco cidades e o outro é a posse dos técnicos especializados que irão ajudar o Ministério Público de uma maneira geral. De antemão, agradeço a colaboração de todos os assessores empossados que exercerão uma atividade valiosa em nosso Ministério Público”, concluiu.

 

 

Os municípios de Belém, Marabá, Altamira e Itaituba são os primeiros a possuir equipamentos próprios de videoconferência. Outras cidades-polo receberão em breve esta tecnologia. A proposta é usar este recurso não apenas para reuniões e eventos internos do MPPA, como também para audiências com o Judiciário e outras instituições.

 

PARTICIPANTES

Participaram presencialmente da solenidade de posse dos assessores os promotores de justiça Nilton Gurjão, Cesar Bechara Mattar Júnior, Mario Chermont, Jane Cleide Silva, Alexssandra Mardegan, Aline Moreira, Arlindo Cabral, Cristine Magella, Hygéia Valente, José Alberto Grisi, Josélia Lopes, Lilian Freire, Patricia Pimentel Andrade, Paulo Morgado Junior, Samuel Sobral, Savio Ramon Batista. Por videoconferência participaram o procurador de justiça Miguel Baia e os promotores Wilton Nery, Herena Neves Correa, Marcio de Almeida Farias, Emerio Costa, Bruna Rebeca Paiva, Aline Janusa Martins, Renata Fonseca e Lilian Braga.

 

 
▲ Topo>