sexta-feira, 15 de julho de 2016

Presa por assalto a taxista com mais 2 comparsas

Rafaela da Silva Lobato, de 19 anos, foi detida na madrugada desta sexta-feira (15), suspeita de participar de um assalto contra um taxista na rodovia BR-316, no centro do município de Ananindeua.
Segundo a polícia, os dois comparsas da moradora de rua conseguiram escapar antes da chegada da guarnição.
VÍTIMA
O taxista Luís Carlos Gomes, de 51 anos, conta que o trio pediu uma corrida na Estrada do Maguari e teriam como destino um posto de combustíveis no bairro do Castanheira.
A vítima disse ainda, que só reagiu a tentativa de assalto por estar cansado de tanta violência. “Já é a nona vez que me assaltam. Quando eles anunciaram o assalto eu falei que ´todo mundo ia morrer ali dentro daquele carro´ e eles ficaram com medo de mim”, lembrou.
Luís afirmou também, que o trio não estava armado e que fugiu após sua arriscada reação. Rafaela puxou a chave do contato do carro e em seguida os comparsas dela se jogaram do veículo em movimento.
“Consegui pegar a chave de volta e liguei o carro de novo. Comecei a acelerar na direção dos dois. Ela também conseguiu saltar do carro, mas a polícia passou e a capturou”.
Rafaela foi conduzida para a Central de Flagrantes da Seccional Urbana da Cidade Nova, autuada por roubo qualificado. A moradora de rua já havia sido presa anteriormente por roubo, em fevereiro deste ano.
A suspeita confessou o crime e disse que o trio não estava armado. “Pedimos uma corrida para ele (taxista), mas a gente nem tinha dinheiro. Foi loucura dos dois (foragidos). Eu tô de ´laranja´aqui”.
(Com informações de Fabrício Nunes / Diário do Pará)

 
▲ Topo>