segunda-feira, 18 de julho de 2016

Fanpage denuncia machistas de Belém

Machistas não passarão! A expressão é comumente bradada por mulheres nas redes sociais e em situações misóginas. Com a internet, cada vez mais elas se reúnem, discutem ideias e debatem o feminismo.
A fanpage ‘Macho na Roda”, foi criada no dia (17), e tem o “intuito de alertar as manas de Belém sobre os machos escrotos”. Na página, elas relatam casos de machismos sofrido por meninas, causados, principalmente, pelos ex-namorados.
“Nós nos calamos, passamos por muito sem dizer nada, assistimos outras mulheres caírem nas garras de caras abusivos, escutamos os machistas diminuírem nossas manas, mas agora a coisa mudou e nós não vamos nos calar, vamos jogar na roda!”, avisa a fanpage, explicando que os os relatos podem “prevenir que muitas pessoas caiam nas garras de caras abusivos”.
Entre os relatos, há casos de agressão. “Quando ele soube que eu estava com outra pessoa, foi na frente da minha pós-graduação, me espancou por mais de 4 horas com chutes, tapas no rosto, soco na cabeça, apertões e cuspe na cara. Tentou jogar o carro dentro do canal da Tamandaré. Gritava que se eu não fosse dele não seria de mais ninguém. Aquela típica frase machista”, mostra o trecho de um dos depoimentos.
 
▲ Topo>