segunda-feira, 11 de julho de 2016

Desaparecido é encontrado morto em saco de lixo


A angústia dos familiares em não saber onde Jorge Severino Ferreira de Oliveira, de 28 anos, desaparecido desde a última quarta-feira (6), só terminou na tarde do último sábado (9). Foi nesta data que populares o encontraram morto, dentro de um saco plástico, jogado na rua 9 de julho, no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. De acordo com uma cunhada da vítima, que preferiu não revelar o nome, Jorge sofria de transtornos mentais.

Era por volta das 13h de sábado, quando moradores daquela comunidade passavam próximo daquela rua e sentiram o mau cheiro. Mesmo em meio ao mato que ocupa parte da passagem, o saco grande chamou a atenção. Ao verificarem que se tratava de um cadáver, em estado de decomposição, os policiais militares do 6º Batalhão foram chamados. Enquanto a equipe de peritos criminalísticos não chegava, o local foi isolado, no entanto, era possível sentir o odor de longe. 

Durante o trabalho dos peritos, os poucos curiosos que se aproximaram do corpo do homem, que vestia camisa amarela e bermuda preta, não o reconheceram. Somente uma mulher, que não quis conversar com a imprensa, afirmou que era o cunhado, João, morador daquele bairro.

O perito criminal Nilson Barbosa, constatou que Jorge tinha sido assassinado há pelo menos 2 dias. “Há três perfurações na face e uma na cabeça. Já está em estado de putrefação”, afirmou. Policiais civis da Divisão de Homicídios apuraram as primeiras informações e o caso deve ser investigado pela polícia do bairro de Águas Lindas.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)
 
▲ Topo>