Cabo da policia é morto a tiros no Jurunas

Cabo da policia é morto a tiros no Jurunas (Foto: via Whatsapp)
O cabo da Companhia Fluvial da Polícia Militar (PM) Irineldo da Costa Xavier foi morto com um tiro na cabeça, na Rua Osvaldo de Caldas Brito com a Avenida Bernardo Sayão, no bairro do Jurunas, em Belém, na noite deste sábado (27).
Segundo informações levantadas pelo interativo da PM no local, o policial militar teria reagido a uma tentativa de assalto, após ser abordada por dois criminosos. Os suspeitos foram identificados como "Biruta" e "Rosinha".
A vítima ainda chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu e morreu.
Até a publicação desta reportagem, guarnições da PM faziam buscas no bairro atrás dos suspeitos, mas nenhum suspeito foi encontrado.
POLICIAIS MILITARES MORTOS
O crime é mais um caso que aumenta as estatísticas da violência contra policiais no Pará.
O cabo Fernando César Forte da Câmara, 33, lotado no 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi baleado com um tiro na cabeça, no início da madrugada do dia 25, no bairro Castanheira, em Belém, atrás de um shopping center, em circunstâncias ainda não esclarecidas. 
Na última terça-feira (23), o cabo da PM Márcio José Soares de Farias, 34, foi morto durante uma abordagem, no bairro das Flores, em Benevides, na região metropolitana de Belém. 

Motociclista cai e morre esmagado por carreta

Motociclista cai e morre esmagado por carreta (Foto: via Whatsapp)
Um motociclista foi esmagado por uma carreta no km 5 da rodovia BR-316, próximo ao viaduto, na noite deste sábado (27).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima teria se desequilibrado e caído, sendo esmagada por uma carreta que trafegava logo atrás.
Ainda segundo a PRF, o trânsito fluiu com lentidão no sentido Ananindeua-Belém, devido uma faixa ter sido isolada por causa do acidente. Muitos curiosos também reduziam a velocidade para ver o acidente.
O motorista da carreta e a vítima ainda não haviam sido identificadas até a publicação da reportagem.
FATALIDADE
Na manhã de ontem (26), Joaquim Manoel do Nascimento, 87, morreu atropelado por um motociclista no km 10 da mesma rodovia.
Um protesto interditou a BR-316 por algumas horas.


NO FESTIVAL DE BARREIRAS A FALTA DE ORGANIZAÇÃO JÁ FAZ PARTE DO EVENTO, ACONTECENDO INCLUSIVE DESRESPEITO COM NOSSAS AUTORIDADES POLICIAIS



Mais um exemplo de descaso por parte do Poder Público Municipal com a sociedade deste Município, pôde ser amplamente verificado durante a 12ª edição do “Festival do Piau e Aracu”, um evento que acontece todos os anos na comunidade de Barreiras, e que vem sendo prestigiado por pessoas oriundas de outros Estados e até mesmo de outros países, contribuindo efetivamente para a divulgação dessa festividade que já faz parte do calendário de eventos culturais da nossa região, e subsidia a economia daquele distrito. Durante essa temporada do Festival, a nossa redação recebeu uma fotografia mostrando o local onde ficariam instalados os Policiais Militares do 15º BPM, designados para realizarem o policiamento durante o evento, e a situação é no mínimo vergonhosa, pois foram dispostos ali no chão, colchonetes velhos e como travesseiros foram oferecidos coletes salva-vidas, para que os Policiais pudessem descansar após o árduo trabalho, que é policiar um tão importante evento e garantir a segurança de todos os cidadãos que prestigiavam a festividade. Infelizmente, não bastassem os atrasos notados em vários setores deste Município, temos também o desprazer de tomarmos conhecimento da falta de respeito e apoio moral com que foram tratados estes Policiais Militares, pais de família e cidadãos itaitubenses, que sem medir esforços trabalham diuturnamente, muitas vezes abdicando do convívio com seus familiares, para garantirem que neste Município haja segurança pública, direito de todos os cidadãos. Nós como jornalistas ficamos de mãos atadas diante de um caso destes que chama a atenção e permite um questionamento por parte de toda a população de Itaituba. É este o tipo de tratamento que nós, cidadãos Itaitubenses, esperamos de nossos governantes?

Fonte: http://plantao24horasnews.com.br


 
▲ Topo